#TodosComDavid

#TodosComDavid
Clique e faça uma doação

Água e Consumo é tema discutido durante a 10ª Semana das Águas em Barreira

Rosa Nascimento - comunicadora popular da ASA
Barreira | CE
28/03/2014
Água e Consumo. Esta foi a temática da 10ª Semana das Águas, que aconteceu nos dias 16 a 22 de março, no município de Barreira, no Ceará. O evento é realizado pela Obas (Organização Barreira Amigos Solidários) e a cada ano discute um tema relacionado aos recursos hídricos.

Com o objetivo de sensibilizar a população para o consumo consciente dos recursos hídricos, preservação e educação ambiental, o debate ganhou proporção com a participação de crianças, jovens e adultos. Agentes Comunitários de Saúde e representantes das instituições da Articulação Semiárido Brasileiro (ASA) no Estado do Ceará também estiveram presentes.

Encontro reuniu também crianças de Barreiras | Foto: Rosa Nascimento/Arquivo Obas-CE
No primeiro dia do evento (16), logo cedo, aconteceu a 2ª Pedalada das Águas, com a participação de mais de cem pessoas, que em suas bicicletas percorreram as ruas da cidade de Barreira. A Celebração Eucarística na Igreja Matriz local encerrou as atividades daquele dia.

Na segunda-feira (17), “Água e Consumo” foi a temática discutida no painel de abertura oficial. Na ocasião, Francisca Sena, da Cáritas Regional Ceará, apresentou a situação da água no Brasil, enfatizando que o país detém 11,6% da água doce do mundo, sendo que cerca de 70% desta concentra-se na Amazônia e os outros 30% são distribuídos de forma desigual. A preocupação maior, de acordo com a palestrante é com o mau uso. “Existe desperdício de água em nossas casas, mas o maior desperdício e uso desordenado ocorrem em atividades agrícolas e industriais”, disse Sena, alertando que os grandes projetos realizados com o dinheiro público agravam a situação.

Construir uma nova cultura da água, um novo padrão de vida, um novo marco civilizatório; participar dos espaços de gestão das águas (comitês de bacias, Programa Água para Todos); incidência no governo para ampliar o investimento na Agricultura Familiar e reduzir o apoio ao agronegócio e hidronegócio; participar de espaço de articulação política e captar e armazenar água da chuva foram orientações dadas por Sena, que devem ser efetivadas com a participação de todos, de acordo com a mesma.

A caminhada de 15 anos do Fórum Cearense pela Vida no Semiárido, que vem ao encontro das boas práticas por justiça social, com um trabalho de articulação e mobilização social, foi trazida para o painel, com um relato histórico apresentado por Malvinier Macedo, do Esplar (Centro de Pesquisa e Assessoria).
Cristina Nascimento, do Centro de Estudos do Trabalho e de Assessoria ao Trabalhador (Cetra) e também da coordenação executiva da ASA pelo Estado do Ceará, falou da importância da Semana das Águas para celebrar as mudanças na vida das famílias, que vem ocorrendo também com a garantia de água, por meio da cisterna de placas. “Cada cisterna faz parte de uma mudança importante na vida das famílias e a gente sente orgulho”, disse, defendendo os projetos de implementação de tecnologias de captação de água da chuva que a ASA desenvolve.
Alailson Saldanha, coordenador executivo da Obas, também colocou a importância da continuação do debate e enfatizou que a participação dos Agentes Comunitários de Saúde é necessária, porque conhecem as famílias e estão diretamente inseridos no meio delas.

Alailson informou ainda que com a colaboração dos Agentes Comunitários de Saúde, mais 1.500 famílias do município de Barreira serão beneficiadas com cisternas de placas, com capacidade para armazenar 16 mil litros de água, que serão executadas pela Obas em parceria da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA) neste ano de 2014, e que dessa parceria, cerca de meio milhão de reais serão injetados no município de Barreira, com Imposto Sobre Serviço (ISS), e que poderão ser utilizados com a construção de mais cisternas. “Direcionando esse dinheiro para a implementação de mais tecnologias, o número de beneficiário será ampliado”, almeja.

Trilha das Águas no Dia de São JoséAinda durante o evento, no dia em que os cearenses celebram o Santo Padroeiro dos Agricultores, São José (19), crianças, jovens e adultos saíram da sede da Obas em direção ao Santuário Madre Paulina, na 2ª Trilha das Águas, onde puderam conhecer várias espécies de plantas e animais, com a orientação do ecologista Francisco Saldanha, do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do Jaguaribe.

No dia 21 foi a vez das crianças e professores discutirem a temática. Uma oficina sobre água e consumo, com a confecção de objetos de materiais recicláveis possibilitou maior conhecimento das práticas de cuidado com a natureza. Apresentações culturais com a Banda de Pífano Sons das Matas, de Aratuba e Forró Pé de Serra, com Edilson do Acordeon, de Limoeiro do Norte deram um tom maior de alegria à Festa das Águas.

E na data em o mundo inteira celebra a Dia Mundial das Águas (22), estudantes, agricultoras e agricultores, moradores e moradoras de Barreira e equipe da Obas saíram em cortejo pelas ruas da cidade. Gritos de ordem, faixas, cartazes, banners, bonecas gigantes, forró pé de serra e uma grande ciranda na praça da Igreja Matriz encerram o evento.


Fonte: ASA Com